4 de fev de 2011

Projeto: Amizade Com Amor se faz na Escola


Mês de Fevereiro

Projeto: Amizade Com Amor se faz na Escola

Objetivos :

  • Demonstrar a importância de se cultivar amigos dentro e fora da escola;
  • Cultivar os bons hábitos de convivência e amor dentro da família;
  • Incentivar o respeito mútuo a partir de atividades compartilhadas em grupo;
  • Diminuir o grau de agressividade no relacionamento entre os alunos;
  • Trabalhar em equipe com alunos, professores funcionários e toda gestão escolar.
  • Aprender e saber respeitar as diferenças físicas e psicológicas que existem entre as pessoas;
  • Apropriar os conceitos matemáticos de adição e multiplicação das virtudes e das amizades;
  • Apropriar os conceitos matemáticos de subtração, utilizando os sentimentos negativos como inveja, egoísmo, desrespeito, etc.
  • Conhecer as variadas maneiras amizades que podem estabelecer com animais, plantas, etc. Introduzir o estudo sobre os animais, ressaltando a amizade que podemos ter pelos mesmos.
Formulação dos Problemas:

Colocar em discussão os valores e sentimentos que temos com os outros em sala de aula. Não escrevo para heróis, mas para pessoas que sabem que educar é realizar a mais bela e complexa arte da inteligência. Educar é acreditar na vida e ter esperança no futuro, mesmo que os jovens nos decepcionem no presente.
Educar é semear com sabedoria e colher com paciência

Material:
  • Livro Ninguém é igual a Ninguém . ( Regina Otero e Regina Rennó)
  • Textos diversificados sobre o tema da Amizade e Fraternidade; interpretação e redação pessoal.
  • Filme sobre o tema de amizade e fraternidade.
  • Texto extraídos site: História para criança ler, ouvir e sonhar

Planejamento :

1º Sensibilização   2º Concretização     3 º Integração     4º Exposição

Temas Transversais

ÉTICA: diálogo, respeito mútuo, solidariedade. Sensibilização e valorização do colega, do professor e funcionários da própria escola como instrumento para esclarecer os conteúdos.

SAÚDE: participação do aluno em casa, na escola e nos lugares públicos. O desenvolvimento de hábitos saudáveis.

PLURALIDADE CULTURAL: diferentes formas de transmissão de conhecimento: práticas educativas e educadores nas diferentes culturas. Relações de amizade, valorizando a liberdade de escolha de vínculos sócio afetivos como elemento de liberdade de consciência e de associação.

CIDADANIA: Direitos e deveres individuais e coletivos.

Execução

Sensibilização: Este é um projeto interdisciplinar que aborda todas os alunos, professores e funcionários  da escola.
Este trabalho procura desenvolver a aprendizagem dos valores humanos de união, fraternidade, amizade, companheirismo, respeito e amor ao próximo através de situações compartilhadas em grupo.
 

Concretização:
  • Para estimular a criatividade dos alunos foram criadas Monitores da paz  para que todos participasse e sejam responsável pela escola  e o bem estar de todos.
  •  Incentivar a leitura compartilhada por meio do livro Ninguém é igual a ninguém. Estrutura textual de um livro; Estrutura da frase; Coletivo, encontro consonantal, separação de sílabas;
  • Desenvolver a oralidade e a escrita através do reconto oral e da composição escrita do bilhete para o colega. Estrutura funcional do BILHETE.
  • Valores Humanos no dia-a-dia; Pintura de faixas gigantes sobre o tema.
  • Serão sorteados  aleatoriamente livros paradidáticos ou revista de atividades durante todo o mês de fevereiro na sala de aula que mas se destacar.
 
Integração

  • Ao iniciar a aula, fazer uma oração agradecendo a Deus pelos nossos colegas de classe, pelos nossos amigos que não estudam na escola e pela nossa família. Ressaltar o amor ao próximo. Realizar um círculo na sala de aula (mudar a disposição das carteiras, se for possível).Contar a estória do livro Ninguém é igual a ninguém de Regina Otero e Regina Rennó. Perguntar aos alunos o que entenderam sobre a história e como podemos fazer para respeitar as diferenças entre os nossos colegas.Os alunos realizarão leitura silenciosa e oral do texto (verificar as dificuldades na leitura, realizando a mediação na transcrição da linguagem e na compreensão da palavra escrita). Realizar atividades referentes ao texto: I n t e r p r e t a ç ã o.
  •  Introduzir o estudo dos animais, conversando com os alunos sobre a importância de cuidarmos deles com carinho. Falar sobre a amizade que alguns animais têm com as pessoas (o pássaro e o cão, por exemplo).
  • Realização da leitura silenciosa e oral do texto Como viver em fraternidade. Fazer uma interpretação do texto com o grupo .Na celebração da amizade, viver em fraternidade é melhor que brigar. Uma das maneiras de viver bem é ser honesto e falar a verdade. Desenvolver problemas matemáticos para os alunos resolverem com situações sobre amizade

  • Iniciar a aula conversando com os alunos sobre a importância de sempre observarmos o nosso jeito de ser. Devemos nos livrar de sentimentos ruins e pedir sempre à Deus que nos ilumine e nos capacite para o perdão. Ressaltar a necessidade de ajudarmos uns aos outros e vivermos sempre em união. Em seguida, realizar a leitura de um texto sobre a reavaliação de nossas vidas
  • É bom saber trabalhar com o colega. Explicar aos alunos que nesse momento, nós iremos realizar a leitura do livro Ninguém é igual a Ninguém, em duplas. Explicar que cada um possui características próprias e como é importante a gente saber respeitá-las. Os alunos reunirão em duplas. Cada dupla irá receber um livro Ninguém é igual a ninguém. Eles realizarão a leitura e cada integrante da dupla escreverá um bilhetinho para o outro. Em seguida, cada aluno lerá o bilhetinho que recebeu em voz alta e o colocará no PAINEL DOS AMIGOS (um cartaz em papel sulfite com os envelopes pequenos colados). Colar bilhete e envelope.Conversar com os alunos e explicar que nós também podemos ter amizade com as árvores. Explicar que elas retribuem os bons cuidados com refrescantes sombras e, algumas delas, com deliciosos frutos.

Exposição

  • Expor todos os trabalhos na parede da escola.
  • Apresentação dos trabalhos na acolhida.
  • Exposição de um pomar da amizade do projeto Mais educação.

Conclusões e Aplicações:

           Cultivar os bons hábitos de convivência e amor dentro da família e da Escola, incentivando o respeito mútuo a partir de atividades compartilhadas em grupo, diminui o grau de agressividade no relacionamento entre os alunos. Eles devem aprender e saber respeitar as diferenças físicas e psicológicas que existem entre cada um.
         Acredito que o "jeitinho” de ensinar de cada professor é o verdadeiro método, mas como todo método exige uma base na qual nos apoiamos, chegamos a conclusão que os projetos são necessários e acredito que estamos  lançando sementes, que germinarão, e convidamos a todos que tragam novas sementes para compor um verdadeiro pomar que é a escola.


Esse projeto esta adaptada para a minha escola mas originalmente esta no site Diálogo e Educação

6 comentários:

  1. Aninha, amei esse projeto, vou levá-lo comigo.
    Como sempre, o conteúdo do seu blog é de alta qualidade.
    Parabéns
    bjs
    Laura Helena

    ResponderExcluir
  2. Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Gostei Aninha,parabens!

    ResponderExcluir
  4. GOSTEI ANINHA VOU FALAR DELE PARA MEUS COLEGAS AS PROFESSORAS TAMBÉ VÃO GOSTAR, PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  5. Amei seu projeto!!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  6. Amei seu projeto!!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir